Nova versão de “O Bem-Amado” estreia no México; tudo o que você precisa saber sobre a superprodução da Televisa

el-bienamado

Foto: Divulgação/Televisa

Gravada em Loreto, no estado de Baja California Sur, estreou, nesta segunda-feira (23), a versão mexicana de ‘O Bem-Amado’, ‘El Bienamado’. A produção substitui ‘Tres Veces Ana’ e ocupa o horário das 20h, no principal canal aberto do Grupo Televisa.

A história da telenovela é baseada na obra de teatro do final dos anos 60, ‘Odorico, O Bem-Amado ou Os Mistérios do Amor e da Morte’, do dramaturgo brasileiro Dias Gomes. O mote principal é mesmo o prefeito corrupto que constrói um cemitério e não consegue inaugurá-lo por falta de mortos na cidade.

Os produtores apostaram em uma narrativa muito parecida ao texto original, mas com forte sabor mexicano. A telenovela terá sua artéria principal à base de humor e os personagens foram construídos no padrão Televisa: com características bem definidas, vestuário tão impecável que beira a artificialidade, maquiagem forte e interpretações próximas ao caricato. Visualize no vídeo a seguir:

Obviamente, tais peculiaridades não prejudicam a produção. Aliás, muito pelo contrário. ‘El Bienamado’ representa muito bem a renovação que a Televisa deseja na sua linha de produção, com o adicional de não apresentar perda da marca da emissora, reconhecida há décadas pelo mercado internacional. 

Houve uma decisão muito acertada de gravar a novela em Loreto, onde conscientemente os produtores aproveitam boa parte da paisagem e, consequentemente, cultura local. Portanto, os cenários naturais e as situações todas prometem impulsionar o turismo para essa região do México. 

Antes da estreia, em entrevista à imprensa, alguns dos envolvidos valorizaram a adaptação da obra de Dias Gomes. Para o produtor executivo da novela, Nicandro Díaz, a narrativa traz de volta para o telespectador o realismo fantástico. “É muito importante trazer histórias voltadas para a família, queremos que ela volte a se juntar em frente à televisão e passe um momento agradável”, destacou. 

O protagonista, intérprete de Odorico Cienfuegos, Jésus Ochoa explicou que ‘El Bienamado’ é uma história com grandes personagens que o público descobrirá pouco a pouco. “O que queremos é que o povo se divirta e ria, tal como nós. Esta é uma grande história”, contou aos meios de comunicação mexicanos. 

Além de Ochoa, a versão mexicana de ‘El Bienamado’ conta com grandes nomes da teledramaturgia, alguns conhecidos no Brasil: Nora Salina, Chantal Andere, Mark Tacher, Laura Zapata, Salvador Zerboni, Jacqueline Bracamontes e mais quase 60 atores. 

Essa não é primeira telenovela baseada no texto de Dias Gomes feita fora do Brasil. Em meados dos anos 90, ‘Sucupira’ foi a versão chilena. A trama obteve sucesso no TVN, canal público do país. Aqui, deixo o primeiro capítulo: 

É importante ressaltar que a produção da Globo foi responsável por dois marcos da teledramaturgia. É a primeira telenovela em cores na televisão nacional e a primeira a ser exportada. Sucesso absoluto de crítica e audiência no Brasil, ‘O Bem-Amado’ foi exibida em 1976, no Uruguai. Aquela versão foi vendida para mais de 30 países, mesmo sendo uma novela tão brasileira, com todos os regionalismos que tem direito.  Veja, na sequência, a abertura da trama: 

Em 2011, a Globo levou ao ar uma minissérie de quatro capítulos, com Marco Nanini no papel principal, o de Odorico Paraguaçu. Um trecho, abaixo: 

Anúncios
Nota | Esse post foi publicado em MTVN VÍDEOS, MUNDO TV NOTÍCIA e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s