Televisa promete modernizar estética e narrativa das novelas; veja o que muda

las-amazonas-protagonistas

Protagonistas de “Las Amazonas” Divulgação/Televisa

Símbolo maior da indústria televisiva em espanhol, a Televisa entrou em processo de modernização. O principal grupo de mídia do México diz que estaria ouvindo o mercado ao executar mudanças estruturais, que vão desde a forma de produzir à maneira de veicular seus produtos. Para o telespectador, acostumado ao modelo mais tradicional, o resultado se dará principalmente na estética e, claro, na narrativa dos produtos de dramaturgia da Televisa. 

Nas últimas duas décadas, assim como em todo o planeta, o público latino-americano passou a ter um leque maior de conteúdo audiovisual para entretenimento. O domínio da Televisa diminuiu relativamente na mesma proporção que seu público se esvaiu. Líder de mercado, não se viu dentro da empresa a necessidade de inovar para um público tradicional, conservador e, acima de tudo, pouco exigente em termos de complexidade de narrativa. Isto é: o consagrado caminho dos remakes de novelas rosas de sucesso funciona. Ou melhor, funcionou. 

 A Televisa teve seu último sucesso em audiência e repercussão há três anos, com ‘Lo Que La Vida Me Robó’ (2013), uma adaptação de ‘Bodas de Odio’ (1983), da célebre escritora mexicana Caridad Bravo Adams. Depois disso, os números das novelas do horário nobre do ‘Canal de las Estrellas’ acentuaram a tendência de queda. Nem a aposta em grandes nomes das novelas mexicanas, como Fernando Colunga, fez com que esse cenário se revertesse. 

Agora, a expectativa é de que, a partir de agosto, a Televisa apresente produções dramatúrgicas em que o telespectador passe a acompanhar narrativas mais dinâmicas, como a das séries, e em qualidade visual de cinema. As mudanças já começaram com a nova versão de ‘Las Amazonas’, uma produção de Salvador Mejía, que disse que o resultado final é mais naturalidade e versatilidade. 

As transformações nas novelas da Televisa tendem a ser mais gradativas que instantâneas porque exigem um trabalho minucioso em toda a operação noveleira, inclusive, junto à audiência. Os produtos da Televisa não serão mais como antes, mas isso não significa que elementos clássicos deixarão de existir. Em outras palavras, as novelas mexicanas continuarão sendo mexicanas em sua essência. Não se parecerão com as da Globo ou com as colombianas, por exemplo. 

Ao longo da história, vários departamentos da Televisa passaram por processos de atualização, inclusive, San Ángel. Nos últimos anos, já sob a gestão de Emilio Azcárraga Jean – magnata neto do fundador da Televisa -, as novelas ficaram mais curtas e mais ágeis. Agora, com o advento da televisão digital e o apagão analógico já consumado, a modernização se tornou uma absoluta condição para continuar sendo líder no México e na região. 

Anúncios
Nota | Esse post foi publicado em MUNDO TV NOTÍCIA e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s